Por que reduzir a velocidade no trânsito é importante para você?

reduzir a velocidade no trânsitoOs limites existem para evitar acidentes. Entenda como reduzir a velocidade no trânsito impacta na sua vida e na segurança de todos.

Graves lesões que chegam aos hospitais. O sofrimento das famílias. Os altos custos dos tratamentos. Incapacidades temporárias, definitivas e a perda, em muitos casos da vida.

Esses são apenas alguns dos fatos que fazem parte do nosso dia a dia. E, todos eles, esbarram em um ponto em comum: a velocidade no trânsito.

Por isso, é fundamental que as pessoas entendam a importância das suas escolhas neste ambiente e modifiquem seus comportamentos, reduzindo a velocidade em prol da segurança de todos.

Preparamos esse post para explicar porque reduzir a velocidade no trânsito pode também reduzir o número de acidentes e, de que maneira você pode usar esse conhecimento para se proteger. Vamos lá?

Velocidade no trânsito: o que ela tem a ver com você?

É muito comum que as pessoas apenas percebam os impactos de um trânsito caótico e inseguro, quando o problema atinge um universo mais próximo da sua realidade. O que é um erro muito grave. Afinal, no trânsito a autoproteção tem tudo a ver com o coletivo.

Por isso, há necessidade de que todos se conscientizem. E, mais do que isso, entendam que, além de respeitar às leis de trânsito, devem buscar por algo muito maior, que é preservação da vida – da sua e a dos outros.

Reduzir a velocidade melhora o trânsito e reduz acidentes

O assunto trânsito pode ser muito controverso, principalmente quando o tema é a redução da velocidade.

Ainda assim, queremos mostrar para você como as boas práticas tem fundamento. E nada melhor para comprovar esses fatos do que usar a ciência para explicar tudo isso. Acompanhe!

Entenda essa lógica com a ajuda da física

Quando falamos na necessidade de reduzir a velocidade no trânsito, uma dúvida costuma pairar sobre a cabeça de muita gente:

Como é que, carros, andando em baixa velocidade, podem diminuir os acidentes de trânsito e melhorar o tráfego nas cidades?

Bem, a ciência pode explicar.

Em um experimento, Doug McDonald, ex-secretário dos transportes de Washington, exemplificou essa lógica usando arroz e um funil. Ao fazer isso, ele mostrou que, quando a velocidade de passagem pelo funil é mais lenta e controlada, todos os grãos de arroz chegam antes ao seu destino. O que não acontece quando não há limites de velocidade.

Bem, se você ainda não se convenceu, pode testar tudo isso usando um simulador interativo de tráfego. Já falamos sobre ele aqui no Blog, contudo a lembrança é válida para comprovar que chegar mais rápido ao seu destino é um mito que não se justifica. Refazer essa leitura pode ser bem interessante!

No trânsito, a premissa devagar e sempre deve prevalecer

Além dos argumentos que te apresentamos anteriormente, é válido lembrar outro princípio da física. Este, diretamente ligado a gravidade das lesões provocadas por acidentes de trânsito.

Quando aumentamos a velocidade, aumentamos também a energia do movimento, ou seja, a energia cinética. Portanto, quanto maior é essa energia, maior também é a chance para que lesões graves aconteçam.

Bem, não é à toa que a redução da velocidade no trânsito tenha se tornado um objetivo mundial. Afinal, quando o assunto é segurança, a premissa “devagar e sempre” parece fazer bastante sentido.  

Como você pode ver, respeitar os limites de velocidade no trânsito tem uma grande influência na segurança de condutores e passageiros. Então, que tal desacelerar e conviver de forma mais saudável nesse ambiente?

Para aprofundar sua leitura, não deixe de conferir outros assuntos relacionados no Blog do ICETRAN. Acompanhe para se manter informado!

One Comment

  1. Roberto Melo

    È muito válido e oportuno a respeito de desacelerar é o que digo sempre os últimos serão os primeiros pense bem nisso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *