Placas de trânsito: fique atento a sinalização para chegar ao seu destino com segurança

por | dez 1, 2017 | Educação para o trânsito | 1 Comentário

Placas de trânsito: fique atento a sinalização para chegar ao seu destino com segurançaQuando o destino é familiar muitas placas de trânsito parecem ser bastante conhecidas. Contudo, relembrá-las antes de uma viagem é essencial para dirigir com segurança. As placas são parte da sinalização vertical, podendo ser de regulamentação, advertência, e de indicação.

Algo que todo mundo deveria fazer ao planejar seu roteiro de férias é relembrar o significado das principais placas de trânsito.

Afinal, é importante ter em mente o significado delas para não cometer nenhuma infração e conduzir o veículo de forma segura.

Neste artigo falaremos um pouco sobre os tipos de placas de trânsito, as mais relevantes e seus respectivos significados. Acompanhe.

Destino de férias: as placas de trânsito têm muito a dizer sobre ele   

As placas de trânsito fazem parte da nossa paisagem cotidiana. Tanto que muitas vezes algumas delas, de tão conhecidas, soam até despercebidas aos nossos olhares.

Só nos damos verdadeiramente conta de que não as conhecemos quando estamos em um lugar desconhecido.

Aí sim, recorremos à elas para levantar informações sobre o caminho a seguir.

Se você já cometeu este equívoco, é bom começar a rever os seus conceitos.

As placas de trânsito servem para orientar as regras de tráfego, informar sobre as condições da via e alertar sobre proibições, restrições e obrigações no uso do local, dentre outras funções.

Dados importantes e que valem tanto para motoristas, como ciclistas e pedestres e não apenas para evitar que eles cometam alguma infração, mas também, para garantir a segurança e o bom convívio entre todos os agentes que se fazem presentes no trânsito.

E você, será que conhece bem essa sinalização?

Mesmo que você seja um bom entendedor das leis de trânsito é muito importante conhecer os significados das placas de trânsito e estudá-las com frequência.

Afinal, existem diversas placas de trânsito e manuais para cada tipo de sinalização (vertical, horizontal, luminosa…). E essa biblioteca aumenta de tempos em tempos. Por isso, se manter atualizado se torna uma obrigação.

Para esclarecer um pouco mais sobre as placas de trânsito, vamos ver o que diz o Código de Trânsito Brasileiro sobre elas. É a Resolução Nº 160/2004 e 180/2005 do Contran, com suas alterações, que rege a implantação desta sinalização nas vias.

Segundo elas, a sinalização vertical é classificada de acordo com a sua função, compreendendo os seguintes tipos: regulamentação, de advertência e de indicação.

Sinalização vertical de regulamentação

Tem por finalidade informar os usuários sobre as condições, proibições ou restrições no uso das vias. Suas mensagens são imperativas e infringir estas normas constitui uma infração.

Sinalização vertical de advertência

Tem por finalidade alertar os usuários da via para condições que possam ser perigosas.

Sinalização vertical de indicação

Tem por finalidade identificar as vias e os locais de interesse, orientando os usuários sobre os percursos, os destinos, as distâncias e os serviços auxiliares.

Além da existência de manual para sinalização, ainda existem outros volumes igualmente importantes, que abordam outros tipos de sinalização, como horizontal, a semafórica, de obras e dispositivos auxiliares.

Gravar todas elas na mente é quase impossível. Por isso, a consulta de cada volume está ao alcance de todos nós. Porém, algumas delas é importante que você tenha de cor.  

Placas de trânsito que merecem sua atenção nas vias

De acordo com a classificação das placas de sinalização de trânsito vamos dar alguns exemplos para você se familiarizar melhor com cada uma delas. Adiante!

Sinalização vertical de regulamentação – placas de:

 Parada obrigatóriaPlacas de trânsito: fique atento a sinalização para chegar ao seu destino com segurança

A placa R-1 de parada obrigatória é bem clara. Indica que o motorista deve parar o seu veículo, ao invés de seguir pela via.

Proibido virar à esquerda ou à direitaPlacas de trânsito: fique atento a sinalização para chegar ao seu destino com segurança

A placa R-4a de proibido virar à esquerda e a R-4b de proibido virar à direita proíbem uma conversão no sentido indicado.

Velocidade Máxima permitidaPlacas de trânsito: fique atento a sinalização para chegar ao seu destino com segurança

As placas de sinalização de trânsito do tipo R-19 estabelecem os limites de velocidade permitidos em dado local, nas vias urbanas e rurais.

Sinalização vertical de advertência – placas de:

Curva acentuada à esquerda ou à direitaPlacas de trânsito: fique atento a sinalização para chegar ao seu destino com segurança

As placas do tipo A-1a (Curva acentuada à esquerda) e A-1b (Curva acentuada à direita) advertem o usuário de que haverá uma curva acentuada para um dos dois sentidos.

Área com desmoronamentoPlacas de trânsito: fique atento a sinalização para chegar ao seu destino com segurança

Placas do tipo A-27 indicam ao motorista que a área está sujeita a desmoronamentos.

Declive ou aclive acentuadoPlacas de trânsito: fique atento a sinalização para chegar ao seu destino com segurança

As placas de sinalização de trânsito do tipo A-20a (declive) e A-20b (aclive) indicam que o motorista encontrará adiante uma descida ou uma subida acentuada.

Sinalização vertical de indicação – placas de:

Placas de orientação de destinoPlacas de trânsito: fique atento a sinalização para chegar ao seu destino com segurança

A placa indica a direção que o usuário deve tomar para chegar ao seu destino.

Placas de serviços auxiliaresPlacas de trânsito: fique atento a sinalização para chegar ao seu destino com segurança

São placas que indicam ao motorista os serviços que ele encontrará adiante, como oficina e restaurante, por exemplo.

Placas de atrativos turísticosPlacas de trânsito: fique atento a sinalização para chegar ao seu destino com segurança

Estas placas sinalizam que o usuário encontrará determinada atração turística no local, e o caminho a seguir para encontrá-la.

Pronto! Você chegou ao final do artigo e já fez boa parte da sua tarefa de casa.

Mas não esqueça: conhecer, estudar e se atualizar sobre as placas de trânsito é muito mais que um dever, é uma questão de segurança.

Tome isso por hábito para melhorar suas atitudes no trânsito.