O que significam e para que servem as descrições nos pneus?

por | out 12, 2016 | Manutenção | 0 Comentários

O que significam e para que servem as descrições nos pneusSe você é o tipo de pessoa que está sempre atenta aos detalhes do seu veículo, já deve ter se perguntado o que significam e para que servem as descrições nos pneus.

Procurar entender todas aquelas letras e números não é uma das tarefas mais divertidas do mundo, mas é extremamente importante pois, de maneira geral, indicam todas as informações relevantes que você precisa saber sobre uma das partes mais importantes do seu carro: o pneu.

O que significam as descrições nos pneus?

Para entender melhor as descrições nos pneus e facilitar a leitura, é importante observar que todas as informações contidas na marcação são separadas basicamente em sete partes:

  • Medidas

  • Código Internacional de Classificação

  • Treadwear (Durabilidade)

  • Traction (Aderência)

  • Temperature (Resistência à Temperatura)

  • Tube Type / Tubeless (Câmara de Ar)

  • Certificação de Qualidade

Parece muita informação? Não se preocupe, a partir de agora vamos explicar como compreender cada uma dessas partes e porque saber ler esta marcação é fundamental na hora de escolher o pneu ideal para seu veículo.

Medidas

As medidas de um pneu podem ser representadas em milímetros ou polegadas. As informações sempre indicam as medidas de aro, largura e tamanho da parede do pneu, popularmente conhecida como “perfil”.

Portanto, um pneu com a marcação 175/70R15 teria as seguintes medidas:

  • 175 mm de largura;

  • 70 de perfil – o que significa que a parede do pneu compõe 70% de sua largura total (ou seja, 122,5 mm);

  • 13 polegadas de diâmetro (Aro 13).

A letra “R” na marcação indica que o pneu é radial. Ou seja, as lonas de sua carcaça estão dispostas perpendicularmente em direção ao centro do pneu.

Caso um X na marcação (por exemplo, 31X10.5R15) significa que todas as medidas estão representadas em polegadas, e não milímetros.

Código Internacional de Classificação: P, LT, ST e T

Essas letras indicam para qual tipo de veículo o pneu é recomendado de acordo com o seu porte.

  • P (Passenger Car) = Carro comum, para passeio;
  • LT (Light Truck) = Caminhonetes ou caminhões de pequeno porte;
  • ST (Special Trailer) = Trailers maiores, mais comum em outros países;
  • T (Temporary) = Pneu de emergência, popularmente conhecido como “estepe”.

Por não ser obrigatório, nem todos os pneus contam com esta informação.

Treadwear (Durabilidade)

O Treadwear determina a resistência do pneu ao desgaste natural através de testes laboratoriais, podendo variar entre 60 e 680.

Em outras palavras, quanto maior o valor do Treadwear na descrição do pneu, maior sua durabilidade.

Obviamente a durabilidade de um pneu também vai depender muito das condições externas, como condições da pista, temperatura, calibragem e balanceamento – e por isso destaca-se a importância da manutenção preventiva do veículo para aumentar sua durabilidade.

Traction (Aderência)

Após vários testes de aderência do pneu em pistas molhadas, o mesmo recebe uma nota que pode ser AA, A B e C.

A nota AA é a mais alta e indica que o pneu tem aderência excelente em pistas molhadas, e C é a nota mínima aceitável para que o pneu seja comercializado.

Saber esta informação é extremamente importante para pessoas que desejam viajar e não têm certeza qual tipo de pneu é o mais adequado, pois influencia diretamente na estabilidade e aderência do veículo na estrada.

Temperature (Resistência à Temperatura)

Todo pneu gera calor devido ao atrito com o solo durante a rodagem e, por isso, saber sua resistência à temperatura é essencial na hora de avaliar a durabilidade e desempenho do mesmo.

Isso porque, quanto maior for a capacidade do pneu em distribuir calor, maior será sua vida útil.

A nota deste índice pode ser A, B ou C.

Tube Type / Tubeless (Câmara de Ar)

Os pneus Tube Type (TT) são aqueles modelos que ainda possuem câmara de ar, e os Tubeless (TL) são os que contam com novas tecnologias que dispensam este item.

Apesar desta marcação ainda ser obrigatória para descrições nos pneus, atualmente a grande maioria dos pneus são Tubeless – ou seja, sem câmaras de ar.

Certificação de Qualidade

Para garantir a qualidade do pneu e, consequentemente, a segurança dos condutores, todos os pneus comercializados no Brasil precisam ter obrigatoriamente o selo do Inmetro, representado pela letra N.

Informação nunca é demais

Quer saber mais sobre as descrições nos pneus e ter acesso à dicas interessantes sobre direção? Visite o Blog do Icentran e fique por dentro de tudo o que você precisa saber para ser um(a) condutor(a) melhor e mais consciente e bem informado.

0 comentários

Trackbacks/Pingbacks

  1. Manutenção automotiva: dicas para reduzir custos com oficina - ICETRAN - Instituto de Certificação e Estudos de Trânsito e Transporte - […] esqueça de observar a indicação específica de pneus para seu veículo. Estas informações são impressas no corpo do pneu…
  2. Manutenção automotiva: dicas para reduzir custos com oficina – Blog Multiveicular - […] esqueça de observar a indicação específica de pneus para seu veículo. Estas informações são impressas no corpo do pneu…
  3. Baixa pressão nos pneus tem efeitos trágicos no trânsito - […] a baixa pressão nos pneus pode causar desgaste irregular. Em virtude disso, torna-se mais frágil a estrutura do conjunto…

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *