O que fazer em caso de pane no carro?

por | set 21, 2016 | Manutenção | 0 Comentários

O que fazer em caso de pane no carroTer a viagem interrompida por conta de uma pane no carro é o tipo de situação desagradável que ninguém quer passar – e por isso as revisões regulares são tão importantes. Elas devem ser feitas na periodicidade correta e por profissionais qualificados, de forma a identificar com antecedência e corrigir qualquer problema ou peça defeituosa, garantindo o bom funcionamento do veículo.

No entanto, nunca é demais saber como agir em caso de pane no carro, até porque ela pode acarretar em diversos outros transtornos no trânsito que podem colocar em risco a sua segurança, a dos seus passageiros e a dos outros motoristas.

Pane no carro? Mantenha a calma e ligue o pisca-alerta

A primeira providência em caso de pane no carro é manter a calma e ligar o pisca-alerta para sinalizar para os outros motoristas que você está com problemas. Sem entrar em pânico, leve o carro para o acostamento ou a pista da direita, tomando muito cuidado principalmente nas vias mais movimentadas e estradas. Se estiver sozinho, abra a porta do carro e o empurre segurando-o com uma das mãos pelo umbral da porta e com a outra direcionando o volante para o acostamento, sempre com o alerta ligado. Assim você desobstrui o trânsito e libera a pista para os demais carros.

Nunca pare em curvas ou locais com pouca visibilidade

Se a pane no carro ocorrer em uma curva ou local de pouca visibilidade para os demais motoristas, empurre o veículo para onde ele seja facilmente visualizado por quem está trafegando na via. O importante é evitar situações que transformem seu problema em um acidente de qualquer proporção. Quando encontrar um local adequado, pare o carro, coloque o triângulo de sinalização a pelo menos 30 metros do veículo quebrado, de forma que ele também seja visto com facilidade pelos outros motoristas, dando tempo para que desviem.

Chame o socorro fora do carro

Pode até ser mais confortável esperar pelo socorro sentado no carro ouvindo uma música, mas não é prudente. O mais seguro é ficar afastado do automóvel, de preferência em algum abrigo. Chame a seguradora ou o serviço de socorro da própria rodovia, mas não tente consertar a pane no carro você mesmo. Além de perigoso você poderá ser multado. Você também pode chamar a Polícia Rodoviária para dar apoio ao resgate, principalmente se for à noite ou estiver em um lugar considerado perigoso. De qualquer forma, tenha sempre com você os telefones da Polícia Rodoviária Estadual (198), Polícia Rodoviária Federal (191), Polícia Militar (190), Samu (192) e do Corpo de Bombeiros (193).

Conheça as principais causas de pane no carro

A manutenção preventiva pode evitar todos esses problemas, mas é interessante saber o que ocasionam a pane no carro com maior frequência. Esteja sempre atento às condições do veículo, ao comportamento do carro e também ao seu modo de dirigir.

Geralmente os principais problemas que causam pane no carro são:

Sistema de arrefecimento

O motor aquece demais e pode até fundir quando o nível do líquido de arrefecimento está muito baixo; há água comum no sistema ou foi usado um aditivo fora dos padrões estipulados pela montadora. Para evitar que isso aconteça verifique regularmente o reservatório do líquido de arrefecimento, que deve ser composto por água destilada + aditivo anticongelante e antioxidante.

Embreagem desgastada

O carro patina ao ser acelerado, não sai do lugar ou simplesmente para: a embreagem pode estar desgastada. Isso acontece por pisar fundo demais na embreagem ao trocar as marchas, subir em rampas com o carro frio e dirigir descansando o pé do pedal da embreagem.

Pane elétrica

Dificuldade em ligar o carro e dispositivos como rádio, alarme, vidros e travas com mau funcionamento. A causa é má manutenção do alternador ou da bateria ou ainda quando há sobrecarga no sistema. Não instale equipamentos eletrônicos que estejam fora do projeto da montadora. Como mesmo parado o carro consome energia, você pode evitar problemas retirando a parte da frontal do rádio se possível, evitar ligar rádio e faróis com o carro desligado e instalar equipamentos em desacordo com a capacidade da bateria.

Falta de lubrificação do motor

Andar com o nível do óleo baixo ou demorar para trocá-lo e usar o lubrificante errado podem causar uma séria pane no carro. Verifique sempre o nível do óleo e faça a troca de acordo com o tempo estipulado pela montadora no manual do veículo.

Seguindo essas orientações você poderá evitar muita dor de cabeça e ainda saberá como agir corretamente nestas situações.

E você, tem mais alguma dica sobre como agir em caso de pane no carro? Já passou por um problema desses? Compartilhe conosco a sua experiência aqui nos comentários!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *