Saber interpretar os sinais visuais de trânsito pode evitar acidentes

por | fev 6, 2019 | Direção Defensiva | 1 Comentário

sinais visuais de trânsito

Buzina dupla, piscadas de farol e sinais gestuais do motorista fazem parte de uma linguagem não verbal bastante praticada nas ruas. Você sabe interpretá-las?

Já falamos aqui no blog sobre as várias habilidades que fazem de você um bom motorista. Em meio a uma lista de aptidões que precisamos desenvolver, uma delas é a interpretação dos sinais visuais de trânsito.

Saber o significado desses indicadores é importante, tanto na cidade como nas rodovias. Sobretudo, porque permitem ao motorista antever as ações dos outros condutores, diminuindo o risco de acidentes.

Pensando nisso, separamos algumas dicas para auxiliar você a entender melhor essa linguagem e instruí-lo é claro, contribuindo para a maior segurança no trânsito.

Conhecendo melhor a linguagem das estradas

Grande parte dos sinais que vamos detalhar a seguir não são oficiais, ou melhor, não estão inclusos no Código de Trânsito Brasileiro. Mas, nem por isso deixam de ser importantes. Mesmo porque, fazem parte da linguagem das estradas e você como um condutor atento, deve prestar atenção e contribuir.

Estes sinais são utilizados para comunicar diversos movimentos, seja através de manifestações sonoras, de luz, ou ainda gestuais. Mas um alerta: eles funcionam apenas no Brasil. Se for viajar, busque se informar sobre os costumes de cada país. Cada lugar tem sua linguagem própria para isso.

Sinais de luz no trânsito

Em meio a um passeio, você certamente já foi surpreendido por algum motorista no sentido contrário, que ao passar por você piscou, acionando os faróis.

Esse gesto indica que certamente você vai encontrar um problema à sua frente. Ele é usado para indicar acidentes na pista, problemas na via, trânsito parado e outras dificuldades. Portanto, tome cuidado e reduza a velocidade.

Sinais de ultrapassagem

Para pedir permissão para fazer uma ultrapassagem e sinalizar que ela pode ou não ser realizada naquele momento os sinais visuais de trânsito mais utilizados são as setas.

Quando estiver ligada para a direita e feita pelo condutor que está à sua frente, quer dizer que você pode ultrapassar com segurança.

Ainda assim é importante que você se certifique da informação. Afinal, o motorista pode se confundir ou ainda estar sinalizando que vai sair da pista e virar a direita. No trânsito, todo o cuidado é bem-vindo!

Já se a seta estiver ligada para a esquerda, tome cuidado. Isso pode significar que algum veículo está vindo no sentido contrário, e por isso, a ultrapassagem não deve ser realizada naquele momento.

Sinais de braço no trânsito

O motorista tem três formas de sinalizar suas intenções no trânsito com o braço. Pode indicar por meio do gesto que vai dobrar à direita, à esquerda ou ainda, diminuir a marcha e parar.

Quando o condutor posiciona o antebraço para cima, isso significa que ele vai virar a direita. Já quando ele estica o braço para a esquerda, quer dizer que ele pretende virar a esquerda. Por fim, quando ele movimenta o braço para cima e para baixo, ele está pedindo para que você diminua a marcha ou pare.

Sinais sonoros de trânsito

Os sinais sonoros de trânsito são emitidos com diferentes toques na buzina dos carros.

Uma buzinada dupla, bem rapidinha, é um sinal de agradecimento. É usada principalmente para dizer um obrigado por uma gentileza recebida, seja ela a vez em um cruzamento, ou a permissão para ultrapassagem. Para retribuir o gesto, você pode fazer o mesmo ou dar um sinal de luz alta.

Lembrando que a buzina somente deve ser utilizada para situações emergenciais e, de forma suave. Em áreas como hospitais deve-se evitar o uso.

Agora que você já conhece alguns dos principais sinais visuais de trânsito, pode querer outras dicas que ajudem a memorizar essa informação. Aproveite para ler outros artigos relacionados no nosso blog. Depois disso, não esqueça de praticar esse conhecimento no seu dia a dia.

1 Comentário

  1. Icetran

    Toda a sinalização para o sistema viário encontra-se regulamentada no Código de Trânsito Brasileiro e detalhada nos Manuais de sinalização (vertical e horizontal) aprovados pelo Conselho Nacional de Trânsito.

    Responder

Trackbacks/Pingbacks

  1. Condições adversas da direção defensiva - ICETRAN - […] lento, havendo maior número de veículos, pedestres e condutores de veículos não automotores, mas existe uma sinalização específica para…

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *