Instrutor de trânsito: conheça a profissão, qual o perfil e a formação exigida

por | mar 21, 2019 | Icetran em Foco | 24 Comentários

instrutor de trânsito

Os instrutores de trânsito são responsáveis pela formação de milhões de condutores em todo o país. Com calma, paciência e didática, estes educadores do volante ajudam a tornar o trânsito mais gentil.

A Lei nº 12.302, de 2010, regulamentou a atividade de instrutor de trânsito. A aprovação da lei foi comemorada por todos os profissionais que atuam na área e que agora tem sua atividade reconhecida.

A regulamentação contribui também, para o aumento do nível de segurança no trânsito e para a qualidade dos serviços prestados aos usuários de Centros de Formação de Condutores.

Afinal, ainda que a formação de um condutor não dependa unicamente do Instrutor de Trânsito, é ele quem vai apresentar o veículo ao aluno e ensiná-lo a dirigir. Ou seja, todo o processo de formação, atualização e reciclagem de condutores vai ser conduzido por esse profissional.

Ah, e importante: o Instrutor de Trânsito pode ser vinculado a um Centro de Formação de Condutores ou ainda, ser autônomo.

Instrutores teóricos e práticos e as funções de cada um

Existem Instrutores de Trânsito responsáveis pela formação teórica e instrutores responsáveis pela formação prática dos futuros motoristas.

E existem ainda os instrutores de cursos especializados, que são os responsáveis pela formação de condutores de veículos especializados, como por exemplo:

  • Veículos de transporte coletivo de passageiros;
  • De transporte de escolares;
  • De transporte de emergência;
  • De transporte coletivo de produtos perigosos;
  • E os condutores de veículos de transporte de cargas indivisíveis.

O Instrutor de trânsito é o responsável direto pela formação, atualização e reciclagem de candidatos e de condutores e o Instrutor de cursos especializados, pela qualificação e atualização de condutores.

Quais os requisitos para ser um instrutor de trânsito?

As exigências estabelecidas na lei são:

  • Ter no mínimo 21 anos de idade;
  • Ensino médio completo;
  • No mínimo um ano na categoria “D”;
  • Não ter sofrido penalidade de cassação de CNH;
  • Não ter cometido nenhuma infração de trânsito de natureza gravíssima nos últimos 60 (sessenta) dias;
  • Curso de capacitação específica para a atividade com carga horária de 180 horas aulas.

Como é a formação do instrutor de trânsito?

O Curso para Instrutor de trânsito é distribuído em módulos que totalizam 180 horas aulas, contemplando as seguintes disciplinas:

Fundamentos da educação:

  • Didática
  • Língua portuguesa
  • Legislação de Trânsito
  • Direção defensiva
  • Noções de primeiros socorros e Medicina de Tráfego
  • Noções de proteção e respeito ao meio ambiente e de convívio social no trânsito
  • Psicologia Aplicada à Segurança no Trânsito
  • Noções sobre funcionamento do veículo de 2 e 4 rodas e Mecânica Básica – Prática de direção veicular em veículo de duas e quatro rodas e prática de ensino supervisionado .

Quais as exigências para ingresso nos cursos de instrutor de Trânsito?

  • Ser maior de 21 anos;
  • Comprovar escolaridade de ensino médio;
  • Ser habilitado no mínimo há dois anos;
  • Ser aprovado em avaliação psicológica para fins pedagógicos.

Como é realizado o credenciamento do instrutor de transito nos DETRAN’S?

Para o credenciamento os profissionais deverão apresentar:

  • Carteira Nacional de Habilitação válida;
  • Cadastro de Pessoa Física – CPF;
  • Diploma ou certificado de escolaridade expedido por instituição de ensino devidamente credenciada pelo órgão competente;
  • Certificado de conclusão do curso específico de capacitação para a atividade;
  • Comprovante de residência;
  • Contrato de trabalho com o CFC devidamente anotado na Carteira de Trabalho e Previdência Social;
  • Certidão negativa de antecedentes criminais, expedidas no local de seu domicílio ou residência.

Vamos ficando por aqui! Lembre-se : Valorizar o Instrutor de Trânsito  é promover a segurança e a educação no trânsito! Um grande abraço e até mais!