Processo de formação de condutores poderá sofrer mudanças em 2017, e você pode opinar!

por | ago 11, 2017 | Legislação | 0 Comentários

formação de condutoresInstrutores, diretores de ensino, proprietários de CFCs, poderão sugerir mudanças e alterações no texto que regulamenta o processo de formação de condutores.

Novas mudanças estão sendo sugeridas para o processo de formação e especialização de condutores no Brasil. E os movimentos para que isso se realize já começaram a acontecer.

No dia 28 de julho, a minuta que irá substituir a Resolução 168/04 do CONTRAN, que trata do processo de formação e especialização de condutores no Brasil foi publicada pelo Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN).

Diferentemente do passado, quando outras decisões foram todas tomadas sem que fossem ouvidos técnicos e estudiosos da área que não faziam parte das Câmaras Técnicas do CONTRAN, este ano, a tendência colaborativa parece ter influenciado as decisões das esferas públicas.

Cidadãos comuns e especialistas estão convidados a participar da consulta pública sobre formação de condutores

Com isso, cidadãos comuns e especialistas, ganharam voz e terão a oportunidade de sugerir mudanças e alterações no texto da na minuta.

Segundo o coordenador de Educação no Trânsito, do Denatran, Francisco Garonce essa atitude “É o meio mais transparente de mostrar o que está sendo feito, para sentirmos a repercussão junto à sociedade. Essas normas visam aumentar a segurança e ter um condutor consciente; mas isso tem que corresponder aos anseios dos cidadãos”.

Para participar é essencial conhecer e estudar o conteúdo, analisando-o previamente, para poder, de forma embasada e a favor da promoção de um trânsito mais seguro, opinar sobre o futuro da formação de condutores em nosso país.

A hora é agora, fique por dentro do que diz a minuta com a proposta do novo texto da 168, e expresse sua opinião!

Lembrando que, a Consulta tem como objetivo apresentar propostas para qualificar o processo de formação de condutores de veículos automotores e elétricos, realização dos exames, expedição de documentos de habilitação, cursos de formação especializados e reciclagem, com base em teorias e práticas pedagógicas que sejam capazes de promover um trânsito seguro.

Saiba como opinar no processo de formação de condutores

De acordo com processo previsto pelo Ministério das Cidades, o público em geral, terá a chance de opinar no texto da minuta. Para isso, terá abertura para participar das sessões da Consulta Pública e apresentar contribuições escritas à proposta.

As contribuições deverão ser entregues via formulário, que deve ser entregue preenchido ao representante responsável pela condução dos trabalhos da Câmara Temática de Educação para o Trânsito, Habilitação e Formação de Condutores do CONTRAN, até o horário de início das sessões de Consulta Pública.

Além do texto na íntegra da Minuta para consulta, está também disponível on-line, no site do DENATRAN, o modelo de formulário de participação nessas Consultas Públicas.

Para o preenchimento do formulário o interessado deverá se identificar, dizer em que gostaria de colaborar, descrever sua critica, sugestão de alteração, supressão, adição e fazer a sua colaboração.

As consultas serão realizadas em cinco estados: Manaus, Recife, Mato Grosso, São Paulo e Rio Grande do Sul.

Participar ativamente das decisões que envolvem o país, é também, nosso dever como cidadãos.

Faça sua parte e aproveite o momento para elevar o debate de forma construtiva e colocar o seu comprometimento com a cidadania em prática e a favor de um trânsito mais humano e seguro.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *