Três maneiras de driblar os efeitos nocivos do trânsito para viver melhor

por | jun 21, 2017 | Trânsito | 0 Comentários

Três maneiras de driblar os efeitos nocivos do trânsito para viver melhorAproveitar melhor o tempo dentro dos veículos, adotando atitudes saudáveis ajuda a driblar os efeitos nocivos do trânsito enquanto estimulam o contato social e a sustentabilidade.

Boa parte do tempo que despendemos para executar nossas tarefas diárias passamos em trânsito. Em muitos casos presos em engarrafamentos ou passando por apertos em transportes públicos superlotados.

Vivenciar estes cenários pouco tem a ver com um cenário ideal, o que abre grandes janelas para que estes efeitos nocivos do trânsito influenciem a qualidade de vida das pessoas.

Mas engana-se quem acredita que o estresse é apenas o único problema gerado. Especialistas afirmam que os efeitos nocivos dividem em quatro os fatores de risco: físico, químico, biológico e ergonômico.

Como consequência destes efeitos, além do estresse, os malefícios do trânsito podem causar pressão alta, embolia, bico de papagaio, hérnia de disco, tendinite, perda auditiva, desidratação, problemas respiratórios e até câncer.

Infelizmente acabar em definitivo com este problema, que é mundial, não está ao nosso alcance, mas podemos começar a mudança por nós mesmos. Substituindo atitudes que podem agravar a situação, por opções mais leves e benéficas ao nosso bem-estar.

Partindo do princípio que atitudes positivas contagiam, de certa forma, já estaremos contribuindo para disseminar boas práticas e mudar o mundo ao nosso redor.

Quem sabe assim chegaremos, um dia, no ideal de transformar o trânsito em um lugar agradável e prazeroso para se passar o tempo.

Afim de gerar esta corrente positiva, vamos, juntos, descobrir alternativas para minimizar os efeitos nocivos do trânsito para viver melhor.

Mude sua rota para descobrir caminhos alternativos

É comum nas cidades encontrarmos vias que concentram a maior quantidade de veículos. São rotas tradicionais, que muitas vezes as pessoas utilizam automaticamente, por estarem acostumados àquele caminho. O problema é que se todos optarem por ela, se tornará inviável passar por ali.

Neste caso, estudar o mapa da sua cidade para encontrar caminhos diferentes pode ser uma boa saída. Nem sempre eles podem te fazer fugir de um congestionamento, mas ainda assim evitarão que sua rotina acabe se tornando monótona e sem graça.

Para surtirem mais efeito, fuja também dos horários de pico. Trafegar em horários que fujam do tradicional, além de contar com menos carros nas ruas, você ganha mais tempo para apreciar uma boa música no carro e a paisagem ao seu redor.

Relaxe a musculatura para minimizar os efeitos nocivos do trânsito

Ficar parado em congestionamentos, ou até mesmo, por conta dos movimentos repetitivos que se faz ao dirigir, além do estresse emocional, tanto condutores como passageiros podem ser acometidos pelo estresse ocasionado por causas físicas, como o ficar em uma posição por muito tempo.

Além disso o estado de tensão muscular também aumenta os níveis de irritação, comprometendo o bom-humor.

Neste caso, alternativas como alongamentos ajudam a relaxar a musculatura e a desestressar. O ato produz endorfina, um analgésico natural do nosso corpo, que gera uma sensação de bem-estar, mesmo apesar do cansaço.

Compartilhe lugares vagos no seu carro e curta o trajeto em boa companhia

Além de uma atitude sustentável, que ajuda a reduzir o número de veículos nas ruas das cidades, dar carona também pode gerar benefícios para o bem estar de passageiros e condutores.

Estar em boas companhias, durante o trajeto, faz o roteiro ficar menos maçante, mesmo que você esteja preso em congestionamentos. E melhor ainda se você puder revezar a direção.

Ao estimular o contato social com a carona, além de regular o humor e descontrair, você pode ser estimulado a conhecer novos roteiros, trocar experiências e evitar a monotonia de um passeio feito individualmente.

Por tudo isso, evitar os efeitos nocivos do trânsito, com planejamento e ações que possam gerar benefícios para sua saúde tornam a vida mais leve, mais produtiva e melhoram a realidade, transformando lugares de passagem em prazerosos roteiros.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *