Como trocar o pneu sozinha com segurança

por | mar 6, 2019 | Dicas | 0 Comentários

Como trocar o pneu sozinha

Pneu furado pode ser um problema, principalmente quando você está sozinha na estrada. Saiba o que fazer para tirar isso de letra.

A força e a determinação da mulher é algo de que ninguém duvida. No comando de muitos lares e negócios a presença delas é marcante, inclusive em mercados até então ditos masculinos. A área da mecânica é um grande exemplo disso, onde é crescente o interesse delas pelo tema. Nessa rotina, elas pegaram gosto pelo assunto, aprendendo desde o básico, como trocar o pneu sozinhas, a procedimentos mais complexos.

Entre as razões, a busca por maior autonomia certamente está entre as principais.

Mas, se a troca de um pneu é algo que ainda te deixa na dúvida, não tem problema. O tema de hoje é dedicado a você!

A ideia é empoderar mulheres como você, para garantir ainda mais segurança e independência no trânsito.

Acompanhe para conhecer o passo a passo que preparamos. Você vai ver que saber como trocar o pneu sozinha não tem mistério!

Passo a passo sobre como trocar o pneu sozinha

Mesmo a mulher empoderada pode sentir aquele friozinho na barriga se for pega desprevenida no trânsito por um pneu furado. E é para dar uma mãozinha nisso que estamos aqui.

Ao final, você vai perceber que mais do que força, o jeito certo de executar a troca é o que vai fazer a diferença.

Vale lembrar que, mesmo conhecendo todo esse processo, se você não quiser arriscar, não tem problema. Estacione em um local seguro e chame o resgate.

Nessas horas, vale apelar também para um reparador de pneus, que veda o furo na hora. Assim, você garante que o veículo rode por mais alguns quilômetros até encontrar uma borracharia.

Passo 01: estacione em um local plano e seguro

Ao perceber que um pneu furou, reduza a velocidade e estacione o carro em um local seguro. Ligue o pisca alerta e mãos à obra!

Passo 02: sinalize o local

Em seguida, tire o triângulo de sinalização do porta-malas e coloque-o a pelo menos 30 metros de distância da traseira do veículo. Ele é fundamental para você sinalizar o local e evitar acidentes.

Passo 03: pegue as ferramentas necessárias

No porta-malas do carro você deve encontrar tudo o que precisa: estepe, macaco e chave de roda. De preferência, tenha em mãos também o manual do veículo.

Passo 04: tire a calota (se houver) e afrouxe os parafusos

Com suas ferramentas de trabalho em mãos, a primeira coisa que você tem a fazer é desencaixar a calota (caso o seu carro disponha desse acessório).

Aí, com a chave de roda afrouxe os parafusos da roda que está com o pneu furado. Para isso, encaixe e gire a chave no sentido anti-horário. Use os pés para ganhar aquela forcinha extra. Mas lembre-se, não precisa tirar os parafusos por completo, só afrouxar.

Passo 05: posicione o macaco e levante o carro

Feito isso, coloque o macaco no local indicado perto da roda do seu veículo. Todo o carro tem um lugar próprio para isso. Se estiver na dúvida vale recorrer ao manual. Em seguida, levante o carro e continue desparafusando.

Passo 06: remova os parafusos e o pneu vazio

Depois retire os parafusos por completo e também o pneu vazio. Em seguida encaixe o estepe.

Passo 07: encaixe o estepe e recoloque os parafusos

Para encaixar o estepe, coloque-o no eixo e alinhe o aro do estepe com os parafusos da roda.

Vale ressaltar aqui a importância de manter o estepe sempre calibrado, afinal você nunca sabe quando vai precisar dele.

Depois, é só colocar os parafusos e apertar até que estejam bem firmes. Para isso você faz o inverso, girando no sentido horário.

Passo 08: desça o carro e retire o macaco

Feito esse passo a passo, desça o carro com o macaco e sem aplicação de peso sobre o pneu.

Aproveite para dar mais uma apertadinha nos parafusos e em seguida, desça o carro por completo até o chão e retire o macaco. Aperte os parafusos por completo e recoloque a calota.

Importante: ao sair do local se dirija para um mecânico de confiança o quanto antes, para trocar o estepe por outro pneu. Ele é um acessório provisório e muitos estepes não são feitos para rodar longas distâncias.

Prontinho, agora tudo resolvido!

Ufa, mesmo na teoria já deu trabalho, mas tenha uma coisa em mente: mesmo que você nunca precise aplicar esse conhecimento na prática, saber como trocar o pneu sozinha é essencial. Afinal, a independência da gente é algo que não tem preço e vale toda quebra de paradigmas.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *