6 Comments

  1. Icetran

    Andréia,

    Importante ele ter registrado um Boletim de Ocorrência. Ao fazer recurso das multas para a JARI, anexe cópia do contrato de compra e venda. Se este contrato estiver na forma jurídica perfeita o julgador pode acatar o fato de que você, de fato, não estava de posse do veículo, o que permitiria ao julgador determinar a retirada dos pontos do prontuário. Porém, as multas em si, provavelmente, permanecerão na responsabilidade do proprietário constante no Detran, uma vez que a transferência não foi efetivada.

  2. Andréia

    Olá. Meu marido vendeu uma moto em 2013 onde a pessoa que comprou desapareceu e não transferiu e apareceu varias multas na carteira dele. A moto está em SP e moro a quase dois anos em SC. Como ele recorre pra não perder a habilitação dele. Pois ele trabalha de motoboy e precisa estar com habilitação em dia.

  3. Icetran

    João,
    Em relação aos valores, os Estados podem ter taxas diferenciadas. Assim, o adequado seria verificar junto ao Detran os valores específicos de cada taxa, à época, para confirmar se a soma foi correta.

  4. joão

    bom dia preciso orientação, meu carro é 2002 e fez 15 anos em 2017 estava com tudo atrasado desde 2016 ( fiquei desempregado e não pude pagar) mas aqui na Bahia tem isenção de ipva a partir de 15 anos…… o carro foi apreendido e pra tirar do patio tive que pagar tudo…..so que tenho duvidas sobre os valores cerca de 1700 reais fora multas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.