Saiba como atravessar alagamentos com segurança e sem causar dano ao veículo

por | out 17, 2018 | Segurança | 1 Comentário

como atravessar alagamentos

É preciso cautela ao atravessar trechos alagados. Além de colocar a segurança em risco, a água pode entrar no motor do carro e danificar as peças.

As tempestades não tem hora e podem ser um verdadeiro perigo, por isso, saber como atravessar alagamentos pode ser a solução para muitos problemas.

Principalmente porque, ao enfrentar uma chuva forte em meio ao trânsito, fica difícil perceber buracos na pista, ou ainda, saber se o carro passa ou não por essa lâmina d’água.

Na dúvida é recomendado não arriscar, mas, e quando somos pegos de surpresa, o que fazer?

Neste caso, existem medidas que você pode tomar para evitar prejuízos. E são elas os temas que você verá a seguir.

Se o caminho apresentar riscos de alagamento não use o carro

Durante o período chuvoso alagamentos são bastante comuns. No entanto, tentar fazer a travessia nesses trechos pode causar muitos prejuízos aos motoristas.

Por isso, a primeira recomendação é que você evite usar o carro nestas condições. Especialmente se a água passar da metade do pneu.

Se isso acontecer, tenha paciência e aguarde em local seguro e sinalizado até a água baixar. Do contrário, são grandes as chances da água entrar nas câmaras de combustão e fundir o motor carro.

Além de danos ao veículo você pode pôr em risco a sua própria segurança. Afinal, ao dirigir nesse trecho pode não enxergar e cair em um buraco na pista, ou, na pior das hipóteses ser levado pela enxurrada.

Agora, caso a altura d’água não ultrapasse o centro da roda, você tem algumas possibilidades para tentar a travessia de forma segura. Veja a seguir quais são as suas alternativas.

Importante: nesse caso a passagem deve ser feita em velocidade reduzida para evitar a aquaplanagem, que é a perda do contato dos pneus com o pavimento da via.

Saiba como atravessar alagamentos para evitar prejuízos

Entender como atravessar alagamentos em segurança, exige que a pessoa que estiver ao volante siga algumas recomendações para evitar problemas durante a passagem. Vamos à essas dicas:

Escolha o lado mais raso da rua, tendo cuidado com os veículos que vêm em sentido contrário

Conforme falamos anteriormente, caso a água ultrapasse a metade do pneu, você deve evitar a travessia.

Agora, se não tiver alternativa, uma saída pode ser escolher o lado mais raso da rua, para que a água não alcance esse limite. Para medir essa altura, uma boa dica é tomar como base o meio fio.

Atravesse devagar e tenha paciência

Ao perceber que a travessia é possível, mantenha uma distância segura do carro da frente, e ao realizá-la  mantenha a primeira marcha engatada.

Siga em frente, dirigindo o veículo em baixa velocidade. Pois, com a aceleração mais alta as chances de aspiração de água pelo motor é bem maior, causando o temido calço hidráulico. Sem contar que a maior velocidade poderia até causar um acidente.

Aproveite e desligue o ar condicionado. A prática é também recomendada para evitar que a água invada o motor.

E se o motor do carro morrer em meio ao trecho alagado?

Entender como atravessar alagamentos, exige também que você saiba driblar alguns contratempos. Entre eles a possibilidade do seu carro morrer em meio a travessia.

Nestas horas, não tente ligá-lo novamente. Se isso aconteceu certamente a água já deve ter entrado no motor. Assim, se você der a partida vai piorar a situação.

Portanto, se isso acontecer com você, ligue o pisca alerta e aguarde o socorro chegar. Ou ainda, peça ajuda para empurrá-lo para o bordo lateral da via.

Faça um check up geral do carro

Após passar pelo alagamento o correto é se dirigir diretamente para uma oficina para atestar que o veículo está em bom estado. Afinal, mesmo que o carro esteja aparentemente normal, ele pode apresentar problemas futuros.

Na oficina, seu carro deve passar por uma limpeza no sistema de ventilação, de freios e elétrico, para depois, ser todo avaliado para uma utilização segura.

E aí, gostou de saber como atravessar alagamentos com segurança? Caso tenha ficado com alguma dúvida, deixe o seu comentário para que possamos continuar a nossa conversa.