Baixa pressão nos pneus tem efeitos trágicos no trânsito

por | jun 27, 2018 | Segurança | 1 Comentário

Baixa pressão nos pneus tem efeitos trágicos no trânsitoManter a calibragem correta é essencial para sua segurança. Conheça os riscos que você corre ignorando a baixa pressão nos pneus.

Alguma vez, enquanto você estava em trânsito, já sentiu a direção pesada ou, que o carro não estava respondendo normalmente aos seus comandos?

Pois é, esses sintomas são bastante comuns em casos de baixa pressão nos pneus.

No entanto, apesar das trágicas consequências que essa condição pode gerar, muitas pessoas parecem ignorá-la. Segundo os fabricantes, mais da metade dos motoristas rodam com a pressão fora dos limites recomendados.

Portanto, se você é um deles, recomendamos que você reveja os seus conceitos se quiser rodar com mais segurança e economia.

A importância de manter os pneus calibrados

A pressão correta dos pneus é essencial para evitar problemas e deixar o veículo mais seguro. Além disso, ela é uma garantia de melhor performance e de durabilidade dos pneus. Portanto, tem influência direta no seu bolso.

Além de acelerar o desgaste dos pneus e outros itens relacionados, a baixa pressão nos pneus pode até interferir no consumo de combustível.

Mas os riscos vão muito além disso. Portanto, fique atento a essa condição.

Baixa pressão nos pneus traz graves consequências

A baixa pressão é uma inimiga do seu pneu, apresenta vários problemas, podendo inclusive ocasionar graves acidentes.

Entenda abaixo alguns dos perigos aos quais você está se submetendo ao rodar por aí com baixa pressão nos pneus.

Reduz a durabilidade do pneu

Desconsiderar a baixa pressão nos pneus pode causar desgaste irregular. Em virtude disso, torna-se mais frágil a estrutura do conjunto que compõe os pneus. Entre as consequências também está a deformação exagerada e o aquecimento anormal, que podem favorecer a explosão dos pneus.

Os pneus ficam mais sensíveis aos impactos

A baixa pressão nos pneus também pode deixá-los mais sensíveis a danos na lateral por impacto, o que formam bolhas no local. Além disso, pode provocar trincas e amassados nas rodas. Tudo isso são fatores que levam a desconfortos de rodagem e diminuem a vida útil do sistema.

Compromete a dirigibilidade do veículo

A calibragem errada também interfere na capacidade de manejo do veículo, dificultando as manobras. Com isso, perde-se a estabilidade nas curvas e a direção pode ficar mais pesada. Problemas que certamente deixarão o veículo menos seguro.

O carro fica mais vulnerável a aquaplanagem

Quando o pneu está murcho a área de contato dele com o solo aumenta. Com isso, o acúmulo de água à sua frente fica maior e favorece para que a aquaplanagem aconteça.

Além dos riscos, pneus murchos afetam o bolso

Conforme dissemos anteriormente, além dos danos que a baixa pressão nos pneus pode causar em um acidente, ela também compromete a durabilidade do sistema. Ela é o primeiro passo para um desgaste prematuro e irregular, e fará com que o veículo gaste mais combustível.

Dica extra para aumentar a segurança

Lembre-se que a pressão nos pneus é definida conforme a carga do veículo e a geometria do pneu. Sempre de acordo com o que prega o fabricante e o que preconiza as normas do INMETRO.

Portanto, é recomendável que você verifique o estado dos pneus visualmente e também, ateste a pressão dos mesmos, calibrando-os regularmente. Em geral, a indicação é que essa verificação seja feita a cada duas semanas, com os pneus ainda frios. Ah, e não esqueça de verificar também a pressão do pneu estepe, garantindo que ele também esteja em dia.

Agora que você já conhece os efeitos que a baixa pressão dos pneus pode causar, continue sua leitura. Aprenda mais sobre segurança no trânsito e as manutenções automotivas no blog do ICETRAN.

1 Comentário

  1. Icetran

    Os casos devem ser avaliados tecnicamente para cada situação pelos profissionais responsáveis pela revisão.

    Responder

Trackbacks/Pingbacks

  1. Trocar a válvula quando for trocar o pneu – É realmente necessário? - Bono Pneus - […] a válvula apresenta algum defeito, pode acontecer a rápida e súbita perda de pressão, ou então o ar do…

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *