Dicas de como atender bem o turista que utiliza táxi

por | nov 15, 2016 | Taxi | 0 Comentários

Como você pode atender bem o turista que utiliza táxi em sua cidadeOs táxis certamente têm um lugar especial na memória de todos os brasileiros. Desde crianças estamos acostumados a chamá-los quando está chovendo, voltando com muitas sacolas do supermercado ou na hora de voltar daquela festa quando está tarde. Mas será que os taxistas brasileiros estão sabendo atender bem o turista?

Com os últimos “mega eventos” que aconteceram no Brasil nos últimos anos, como a Copa do Mundo e as Olimpíadas 2016, os sindicatos de taxistas e órgãos governamentais voltaram a atenção não só para a demanda e oferta de táxis nas ruas para atender bem os turistas, mas também na qualidade do serviço prestado.

Mas, infelizmente, ainda é comum vermos casos de pessoas insatisfeitas com os serviços de táxi. Para se ter uma ideia, a Prefeitura de São Paulo (cidade com maior frota de táxis do Brasil) recebe, em média, quatro reclamações por dia.

Estatísticas como esta já seriam graves há alguns anos, mas com o aumento da concorrência – principalmente liderada pelo aplicativo Uber -, o risco dos turistas perderem a confiança nos táxis e migrarem totalmente de serviço é ainda maior hoje em dia.

Atender bem o turista não se limita a ser simpático

Apesar da simpatia ser um fator indispensável para qualquer taxista, atender bem o turista também significa adotar práticas modernas e focadas na satisfação do cliente.

Mas afinal, quais são essas práticas?

1. Conheça sua cidade

Você sabe quais são (e como chegar) nos principais pontos turísticos de sua cidade? Os melhores restaurantes, bares e monumentos históricos?

Se não, é melhor reservar um tempo para fazer essa lição de casa. Turistas geralmente chegam ansiosos para conhecer o máximo possível da sua cidade e saber indicar os melhores locais pode torná-los clientes para as próximas viagens ou, no mínimo, conseguir uma corrida extra entre o aeroporto e o hotel.

Uma boa dica aqui é montar um roteiro com os principais pontos turísticos da cidade e oferecer aos turistas que utilizarem seu táxi. Isso fará com que você tenha uma clientela recorrente e tornará mais fácil e prático o dia de visitas dos turistas à sua cidade.

2. Use um GPS

É comum encontrarmos taxistas em todo o Brasil que batem no peito e se orgulham de conhecer “cada centímetro de sua cidade”.

Mas, quer você goste ou não, os equipamentos de GPS estão cada vez mais modernos e ter um no seu táxi pode fazer a diferença na hora de atender bem o turista, prestar uma informação ou levá-lo de um lugar para o outro da forma mais rápida possível.

3. Conduza seu táxi como um negócio

Como já abordamos em nosso Blog, conduzir seu táxi como negócio será o fator determinante para você caso queira continuar na profissão durante os próximos anos.

E isso inclui manter uma vestimenta adequada e limpeza impecável do veículo, não ouvir som (caso não seja solicitado pelo passageiro), aceitar outras formas de pagamento além de dinheiro e, principalmente, ser profissional durante todo o atendimento.

4. Ajude o turista a lembrar de você

O Brasil está cheio de taxistas diferenciados que realmente sabem como fazer os turistas lembrarem deles, e você deveria fazer o mesmo.

Comece pelo básico! Que tal oferecer uma água, uns docinhos ou quem sabe até um cartão com desconto para a próxima corrida? Afinal, atender bem o turista trará muito mais retorno se ele tiver uma forma de entrar em contato com você no futuro.

curso para taxista5. Nunca pare de estudar

Não caia no erro de acreditar que  já sabe tudo sobre sua profissão. Reserve algumas horas durante o mês para reciclar suas informações e se atualizar quanto às mudanças na legislação de trânsito.

Independe do seu tempo na condução de um táxi, o mercado está mudando em um ritmo cada vez mais acelerado e aqueles que resistirem às mudanças serão os primeiros a ficarem para trás.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *