Aquaplanagem: como evitar e reagir a ela?

por | ago 22, 2018 | Direção Defensiva | 2 Comentários

aquaplanagem

Evitar acidentes e reagir a aquaplanagem dependerá diretamente da sua postura ao volante. Confira as nossas dicas para conduzir a situação com segurança.

Conduzir em dias chuvosos exige mais dos motoristas para manter a segurança nas vias e driblar possíveis situações de perigo, como a aquaplanagem.

Em dias assim, a visibilidade fica comprometida e existe uma menor aderência do carro no solo, o que deve ser motivo de atenção para todos. Afinal, evitar acidentes exige cuidados e é uma questão de direção defensiva.

Mas, quais são as ações que você pode tomar para evitar a aquaplanagem e reagir bem a ela?

É sobre isso que vamos falar agora!

Confira as dicas a seguir para dirigir com mais segurança e manter o controle do seu veículo, mesmo com água na pista.

Para início de conversa, o que é a aquaplanagem?

A aquaplanagem é um fenômeno físico, que acontece quando o carro perde o contato com o solo, por conta de uma camada de água que fica debaixo do pneu.

Quando isso acontece, o carro literalmente flutua, deixando o motorista vulnerável e sem controle do veículo.

Dois fatores costumam colaborar para que isso aconteça. O primeiro deles é a espessura da água e o segundo a velocidade do veículo.

Portanto, evitar acidentes e reagir corretamente a aquaplanagem depende principalmente da nossa conduta ao volante.

Dicas de direção defensiva em dias de chuva

Como você pode ver, a aquaplanagem é extremamente perigosa. Em especial, quando ela acontece nas quatro rodas, onde é possível perder totalmente o controle do veículo.

A boa notícia é que é possível se precaver a ela e ainda, minimizar os transtornos da aquaplanagem, caso isso venha acontecer com você.

O que fazer para evitar a aquaplanagem?

É normal que em dias de chuva a preocupação com acidentes aumente. Afinal, quando existe água na pista basta um descuido sequer para que o nosso carro colida com outro veículo. Ou ainda, soframos alguns danos ou corramos o risco de gerar algum atropelamento.

Por isso, a primeira coisa que temos de ter em mente é de que devemos dirigir em uma velocidade reduzida. Sempre respeitando os limites impostos na via.

Isso porque, quanto maior a velocidade do veículo e mais profunda for a lâmina d’água maior é o risco de aquaplanagem.

Fora isso, manter os pneus em bom estado de conservação, calibrados corretamente e fazer o rodízio deles a cada 5km são mais algumas das ações que precisam estar em dia.

E se, mesmo com todos os cuidados, ela acontecer com você?

Caso a aquaplanagem ocorra é importante que você mantenha a calma e esteja preparado para tomar a atitude correta!

Em primeiro lugar, reduza a velocidade e assim que sentir que o carro já não está mais no seu controle, tire o pé do acelerador.

É importante frisar que, em caso de aquaplanagem você jamais deve acionar o freio bruscamente. Se o veículo possuir sistema de ABS os efeitos de uma frenagem brusca serão minimizados.

Tecnologias como essa, assim como pneus mais adequados, são bons ajudadores quando a intenção é aumentar a segurança no trânsito.

Ainda assim, mantenha as mãos firmes no volante e não faça movimentos bruscos, para o seu carro não girar.

Depois disso, permaneça assim por alguns instantes e ao perceber que os pneus voltaram a ter contato com a pista retome a condução normal.

E aí, gostou das dicas para evitar e reagir a aquaplanagem? Neste caso, que tal compartilhar essa informação com outras pessoas para que juntos possamos fazer do trânsito um local mais seguro? Abraços e até a próxima!

2 Comentários

  1. Flvio

    Estava na Rod. PRESIDENTE Dutra e choveu muito forte meu carro aquaplano várias vezes usei todos essas dicas e me ajudou muito

    Responder
    • Icetran

      Olá Flávio,
      Que bom que utilizou dos conceitos técnicos neste momento de risco. Continue assim, atento a dicas que podem ajudar num trânsito mais seguro.

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *